sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

Inflamação crónica


Sofrer de uma inflamação crónica implica, além de muitas regras, perceber exactamente o que faz piorar a doença e o que não afecta o corpo. Para ajudar as pessoas que sofrem deste mal, um grupo de investigação da Universidade de York, em Inglaterra, e da Yorktest, líder em investigação sobre alergia alimentar, avançou com diversos estudos e identificou a ligação directa entre a alimentação e diversas doenças inflamatórias, revelando que a eliminação de alguns alimentos pode reduzir os sintomas da inflamação.
Os investigadores acreditam que esta nova ferramenta de trabalho pode representar uma esperança para 45% da população que sofre de inflamação crónica, como cólon irritável, artrite e psoríase.
O estudo foi realizado com a colaboração de mais de cinco mil participantes, em que foram detectadas em mais de 75% dos casos melhoras de moderadas a altas, 3 semanas após terem removido os alimentos identificados através de um teste de anticorpos IgG, geralmente utilizado para identificar intolerâncias a alimentos.

Sem comentários:

Ocorreu um erro neste dispositivo