quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Pacotes de açúcar de 6 gramas? Sim!

Limitar a seis gramas o peso máximo do pacote de açúcar é a proposta de uma petição que hoje vai ser discutida na Comissão Parlamentar de Saúde. Actualmente, a lei não impõe limites; existindo saquetas com um peso líquido de nove gramas.
A Organização Mundial de Saúde recomenda a ingestão diária de 50 gramas de açúcar, mas a média dos portugueses é de 96 gramas. Este consumo excessivo de açúcar está associado a graves problemas de saúde. Uma legislação que limite a quantidade de açúcar máximo a disponibilizar nas embalagens para o café será um excelente contributo para diminuir esses problemas, como a diabetes, a obesidade, as doenças cardiovasculares e AVC, cujas despesas de tratamento são bastante elevadas e agravam os orçamentos para a saúde.
Seis gramas é um limite razoável e que em nada vai alterar o sabor do café. É apenas uma questão de hábito. Sendo que o hábito a adoptar deve ser a toma do café Sem açúcar.

sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Panquecas integrais, para começar bem o dia


2 gemas
1 chávena de leite magro
1/2 chávena de farinha de trigo integral
1/2 chávena de farinha de trigo branca
2 colheres (café) de sal refinado
3 gotas de essência de baunilha

Misturar todos os ingredientes muito bem e deixá-las "cozer" numa frigideira anti-aderente. 1 minuto de cada lado.

[cada panqueca tem 60 calorias]

terça-feira, 23 de agosto de 2011

Não esqueça a aveia


Não é a comida mais requintada, mas as papas de aveia são boas aliadas para manter a linha. Experimente flocos de aveia em pedaços grossos, pois têm mais fibras solúveis, o que sacia a fome durante mais tempo do que a variedade prensada.
Simples mais simples não há!
Junte rodelas de banana, groselha e iogurte magro ou acrescento mirtilos e morangos. Pode também fazer papas de aveia com leite magro.

quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Saltar à corda... Parece uma brincadeira mas não é!!


Sabia que saltar à corda queima três vezes mais calorias do que a corrida?
Saltar à corda é, à primeira vista, uma recordação das nossas brincadeiras infantis e, por isso mesmo, algo muito fácil de executar. No entanto, só quem já se dedicou plenamente e durante largos minutos a saltar à corda é que sabe o quão difícil pode realmente ser. É por esta e por outras que saltar à corda é uma das formas mais rápidas e eficazes de queimar gordura:
- Trabalha o corpo por inteiro. Qualquer tipo de exercício físico que trabalhe intensamente múltiplas partes do corpo em simultâneo irá queimar as gorduras indesejadas ainda mais rapidamente.
- É extremamente intenso. Em termos de actividade física, saltar à corda é fantástico porque, ao contrário de outros tipos de exercícios cardiovasculares, permite exercitar pernas e braços em simultâneo e com a mesma intensidade.
- O metabolismo mantém-se elevado. Se quer perder peso rapidamente, é importante escolher e praticar exercícios que irão manter o ritmo cardíaco elevado mesmo depois de concluída a sessão.
- Não requer muito tempo. Devido à sua intensidade, abrangência, diversidade e efeitos duradouros, não necessita de passar horas a saltar à corda para ver os tão desejados resultados. Bastam 5 a 15 minutos por dia para depressa se sentir e estar em forma; e para quem quer manter um elevado nível de fitness, não precisa mais do que 20 minutos, três vezes por semana.
Revista Saber Viver, fisiologia do desporto

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

Peso pesado... um mau exemplo


Acabou esta semana o programa "Peso Pesado" mas a grande guerra vai começar agora, na vida real. Manter o peso é a parte mais complicada.
Dietas rápidas e em ambientes artificiais, como é o caso de um programa de televisão, são arriscadas.
Erick Chopin, vencedor da 3ª edição do "Biggest loser" norte-americano, perdeu 97 quilos. Mas voltou a se notícia por ter recuperado 55 quilos, após o programa. O caso de Erick foi flagrante, mas outros houve com semelhante evolução.

É mais ou menos consensual no meio científico que não é desejável que as pessoas percam muito mais do que um quilo por semana pelas implicações orgânicas que tal pode acarretar e, por isso, perdas da ordem dos cinco ou mais quilos como acontece com alguns concorrentes, não me deixam lugar a quaisquer comentários.
Perder peso é possível e desejável, mas de um modo mais suave e saudável! Porque deste modo, só ganha quem não entra no programa!

terça-feira, 2 de agosto de 2011

Menu de Verão para crianças


O Verão é a estação do ano preferida de quase todas as crianças. É sinónimo de férias, de dias ao ar livre, de praia e de mergulhos na piscina.
É importante que as crianças se alimentem bem enquanto se divertem.
Nestes dias de calor a palavra de ordem é hidratar. Depois de se assegurar as necessidades nutricionais básicas das crianças, o fundamental é a água. É necessário que as crianças estejam sempre a beber água, para repor a que perdem através da transpiração. Faça-as beber várias vezes ao dia, mesmo que digam que não têm sede. os sumos naturais são também uma opção, pois são também hidratantes e fornecem bastantes nutrientes. Deve evitar os refrigerantes e as bebidas açucaradas porque têm muito açúcar.
A alimentação, tal como durante o resto do ano, deve ser variada e equilibrada. Sopa de legumes, carne magra, peixe, fruta e lacticínios são elementos indispensáveis em qualquer menu infantil.
Se a criança não tiver excesso de peso, um gelado por dia é permitido desde que não seja substituto da fruta. Opte pelos mais naturais.
Ocorreu um erro neste dispositivo