terça-feira, 27 de março de 2012

Já comeu Goiaba, hoje?


Goiaba – 54 Kcal/100 gramas

Com um aroma inconfundível, a goiaba é um fruto de casca verde-amarela, mas com uma polpa avermelhada rica em nutrientes – betacaroteno, que o corpo transforma em vitamina A, licopeno e fibras solúveis - que ajudam na redução do colesterol e do controle da pressão sanguínea.

Este fruto, originário da América Central e do Sul, tem um elevado valor nutritivo. Por ter um baixo valor calórico – 54kcal/100 gramas – é indicado para quem quer manter a linha. Para além de conter pouco açúcar e gordura é rico em vitamina C, tendo por isso antioxidantes que ajudam a proteger contra as infecções.

Ómega-3… a gordura desejada!

As nossas mães e avós desde sempre dizem que devemos comer peixe porque nos faz bem. E elas têm toda a razão.
Os portugueses consomem muito menos peixe do que deviam, apesar do consumo ser superior ao da média europeia (57 contra 21,4 quilos por ano). O peixe muitas vezes não faz parte da alimentação regular dos jovens, e este grande problema contribuiu, entre outras coisas para o aumento significativo do número
de obesos em Portugal.
Porque é tão importante o consumo de pescado?
Leia o artigo na integra aqui.

sexta-feira, 16 de março de 2012

Cozinhar com microondas

























Materiais: prefira tampas em pirex ou porcelana para cozinhar os alimentos. As de plástico são mais indicadas para aquecer.

Temperaturas: entre 50 e 250 watts: para alimentos delicados, como a massa folhada; entre 300 e 500 watts: para uma confecção homogénea e aquecer comida; acima dos 600 watts: para levantar fervura ou reduzir molhos.

Receitas: se, ao seguir uma receita para microondas, a potência referida é superior à do seu aparelho, compenso com a duração de cada fase.

terça-feira, 13 de março de 2012

Gelado? Sorvete!


Embora ainda estejamos no Inverno, os dias quentes parece que vieram para ficar. E o calor combina com gelados, mas os gelados não combinam com a nossa linha.
Aposte nos sorvetes de pauzinho, gelados de gelo ou picolés. À base de fruta, são muito menos calóricos que os gelados tradicionais.
Assim, dá para você se refrescar sem correr o risco de sair da linha

segunda-feira, 12 de março de 2012

10 truques que emagrecem

Existem muitos mitos relacionados com hábitos alimentares. Isto engorda, aquilo não...

Mas o que realmente nos interessa saber é como comer bem, equilibrada e variadamente, sem termos de nos aborrecer com a balança. O fundamental é poder comer-se de tudo, sempre que se nutra o corpo e não se abuse dos alimentos mais calóricos.

Tome nota destas dicas que a ajudam a perder peso (ou a manter-se magra) de forma totalmente saudável:

1. Tome o pequeno-almoço todos os dias
As pessoas que tomam o pequeno-almoço diariamente conseguem emagrecer mais depressa e controlar melhor o peso do que as que não o fazem, já que o corpo retém calorias porque pensa que vai passar fome mais tarde.

2. Fraccione a sua alimentação
Com alimentos saudáveis e pouco energéticos. Vários estudos demonstram que distribuir a alimentação em várias refeições (pequeno-almoço, meio da manhã, almoço, lanche e jantar) faz com que se ingiram menos calorias do que fazendo apenas duas por dia. Diminua as quantidades, não o número de refeições.

3. Escolha bem a loiça
Para conseguir reduzir as porções de alimentos, use um prato mais pequeno, ou seja, que encha com menor quantidade.

4. Coma e mastigue devagar
Comer com talheres de sobremesa pode ajudá-la. Comer devagar melhora a digestão e favorece a sensação de saciedade.

5. Inclua verduras e hortaliças nas refeições principais
Não só por uma questão de saúde mas também pela sua quantidade de fibra, que evita a prisão de ventre.

6. Se come fora de casa muitas vezes, opte pelo mais saudável
Se a sua rotina a obriga a comer em restaurantes, escolha uma salada ou uma sopa de legumes para entrada e, para prato principal, arroz, massa ou leguminosas. Para sobremesa, fruta fresca.

7. Se leva comida para o trabalho...
Prepare saladas de massa, de arroz, com leguminosas ou de batata com pequenas quantidades de alimentos ricos em proteínas, como atum, ovo cozido, peito de peru, gambas... Para sobremesa, fruta ou um iogurte magro.

8. Evite os molhos
Falo de todos, sobretudo os brancos como a maionese ou as natas. Coma verduras estufadas em azeite, molho de tomate natural ou de soja (baixo em sódio), ou com uma base de iogurte natural.

9. Mexa-se... à séria!
Se, durante o dia, não consegue fazer desporto, evite andar de elevador e suba e desça escadas. Se, depois de comer, lhe sobram alguns minutos, saia para caminhar.

10. Muita água, chás e sumos naturais
Beba sempre dois litros de líquidos, no mínimo, por dia. Em forma de água, sumos naturais, sopas, infusões... Para além de hidratarem, saciam bastante.

terça-feira, 6 de março de 2012

Efeito ardente...queima gorduras



As especiarias podem ajudá-lo a mudar a sua vida. Ao temperar os alimentos não só potência o sabor dos cozinhados, como dá uma ajuda na sua dieta. Ao escolher e usar o ingrediente certo pode ajudar na perca de uns quilos.

Pimenta-de-caiena

A revista científica International Journal of Obesity publicou um estudo que demonstrou que a capsaicina, o principal componente da Caiena, favorece a destruição de gorduras e tem um poder saciante. Tem também a vantagem de ajudar a combater infecções.

Experimente acrescentar meia colher de pimenta-de-caiena ao molho de tomate ou incorporá-la depois de refogar a cebola nos pratos de chilli com carne para conseguir um efeito ardente, e queimar gorduras!

Ocorreu um erro neste dispositivo