sexta-feira, 31 de julho de 2009

Combater o mau Colesterol

Uma das medidas mais eficazes para reduzir o colesterol sanguíneo é seguir um plano alimentar equilibrado e saudável, associado à prática de actividade física. Este plano deverá limitar alguns alimentos que se sabe favorecem o aumento do colesterol e privilegiar outros que o previnem ou combatem.
É importante saber que mesmo pessoas magras podem ter hipercolesterolemia e que crianças e adolescentes também ser rastreadas desde que haja história familiar. Muitos jovens usam e abusam de alimentos ricos em gordura saturada e trans que se encontra em produtos animais, como carne e lacticínios gordos, mas também em produtos de pastelaria e alimentos de "pacote",o que poderá determinar o aparecimento precoce de colesterol excessivo no sangue.

O que comer?
Deve-se evitar os fritos e para temperar preferir azeite e gorduras vegetais não hidrogenadas (óleo de milho, de girassol, de amendoim, etc), em quantidades moderadas.

Limitar o consumo de carnes vermelhas a 2 vezes por mês e evitar o consumo de órgãos e vísceras. Consumir mais vezes peixes ou mariscos e carne de aves. Os ovos (gema e clara em simultâneo) podem ser consumidos uma vez por semana desde que nesse dia se evitem outros alimentos ricos em gorduras indesejáveis.

Em substituição da carne, consuma leguminosas, como o grão-de-bico, feijão, favas ou lentilhas, combinadas com arroz ou massa.

Coma duas nozes ou um pequeno punhado de amendoins por dia, mas não mais porque são muito calóricos. Pode incluí-los em saladas ou massas em substituição da carne.

Consuma pão, farinhas, massas ou arroz pouco refinados, de farinha mais escura, com maior teor de fibras.

Comece todas as refeições com um prato de sopa de legumes, e acompanhe sempre o prato principal com legumes e vegetais, produtos ricos em fibras.

A sobremesa deve ser sempre sinónimo de Fruta fresca.

E... Tente fazer exercício todos os dias. Pode fazê-lo em períodos de 10 minutos, três vezes ao dia.

Coma peixe


• Coma peixe várias vezes por semanas e em pequenas doses de cerca de 100g por refeição.

• Se o seu objectivo for reduzir o valor calórico da sua refeição, dê preferência a peixes magros, como o bacalhau fresco, raia, safio, peixe-espada, maruca, corvina, cherne, linguado, pescada, tamboril, truta, entre outros. Mas saiba que poderá perder a qualidade ímpar dos ácidos gordos “marinhos”!

• O atum enlatado, sobretudo aquele que é conservado em água e o salmão fumado são boas opções alimentares a incluir no menu semanal; porque são um pouco mais salgadas que o peixe fresco, não abuse (1-2 vezes por semana).

• Cozinhe os peixes gordos de forma a aproveitar a sua gordura (peixe assado, estufado, ou no micro-ondas, por exemplo).

• Se lhe souber bem e nos casos em que isso é possível, ingira também a pele do peixe, rica em ácidos gordos ómega-3.

quarta-feira, 29 de julho de 2009

Não há milagres

Helen Anderson, de 26 anos, morreu depois de durante alguns meses fazer uma dieta à base de sopa e água. A notícia é avançada pela BBC.

De acordo com as autoridades que investigaram a sua morte, Helen morreu devido a uma cetoacidose, uma reacção química criada pelo próprio metabolismo por falta de açúcar. «É uma espécie de envenenamento, que se desenvolve rapidamente, sem que as pessoas se apercebam», afirmou o chefe da investigação Terence Carney.

A cetoacidese é uma acidose observada essencialmente na diabetes e durante o jejum prolongado. Deve-se à acumulação no organismo de corpos cetónicos, produtos resultantes da desintegração dos lípidos utilizados em quantidade excessiva para as necessidades energéticas, em substituição dos hidratos de carbono cujo metabolismo está perturbado ou ausentes da dieta.

segunda-feira, 27 de julho de 2009

Emagrecer sem correr riscos

Sociedade Portuguesa de Medicina Interna - Hepatites tóxicas: revisão da literatura

A busca do peso perfeito através de milagres pode ter consequências muito sérias.

Estão relatados muitos casos de doença hepática consequentes da toma de medicamentos, chás e produtos ditos naturais para emagrecer. Considera-se hepatite tóxica a lesão hepática causada por inalação, ingestão ou administração parentérica de agentes farmacológicos ou químicos. E neste caso também a proliferação de “produtos naturais”, pode ter consequências deletérias. Os produtos ditos naturais têm também que ser depurados pelo fígado.

Há pessoas mais predispostas a desenvolverem problemas. De uma forma geral as mulheres são mais propen­sas à hepatotoxicidade. A insuficiência renal, por dificultar a excreção de fármacos ou metabolitos, é uma predisponente óbvia. A obesidade modifica a distribuição e a metaboli­zação de fármacos muito lipossolúveis,e predispõe à existência prévia de esteatose/esteatohepatite.

A proliferação das chamadas medicinas alternativas, e a crença generalizada que os produtos “naturais” são inócuos impedem que muitas vezes estas substân­cias sejam consideradas como etiologia de reacções hepatotóxicas. Estão descritos vários casos de hepa­totoxicidade causados por ingestão de substâncias derivadas de plantas. Uma referência especial para o sene, usado na prática clínica como laxante, e que pode causar dano hepático.

Existe uma dificuldade marcada para efectuar o diagnóstico, pois para além de apenas 40% dos utentes reconhecerem perante o seu médico que usam este tipo de produtos, a falta de regulamentação impede que, em termos práticos, seja muitas vezes impossível identificar a composição dos “chás” que o doente tomou.


sexta-feira, 24 de julho de 2009

Maionese “mais magra”

  • Juntar 2 claras batias em castelo a 2 colheres de maionese light
  • Misturar 1 iogurte natural magro, raspa de limão e 2 colheres de maionese light

Leite: bebida desportiva


Vários estudos científicos defendem que o leite magro pode ser usado como “bebida desportiva”, especialmente na recuperação após o exercício. Há uma crescente evidência a suportar o uso de leite magro após o exercício por atletas que se submetem regularmente quer a treino de endurance, quer a treino de força.
O leite magro possui características nutricionais que teoricamente o fazem uma potencial bebida de recuperação. A quantidade de hidratos de carbono, a lactose, presente na sua constituição é semelhante às encontradas em muitas bebidas desportivas no mercado. Contém caseína e proteínas do soro de 3:1 o que leva à digestão e absorção lentas, levando à subida sustentada das concentrações de aminoácidos no sangue. O leite contém também elevadas concentrações de electrólitos, que são naturalmente perdidos pelo suor durante o exercício.
É necessária mais investigação, mas pelos resultados até agora obtidos o leite magro mostra-se uma bebida eficaz na promoção da recuperação após o exercício.

quinta-feira, 23 de julho de 2009

Cor e textura da pele

Com o passar dos anos, a pele perde tonicidade e luminosidade devido à progressiva falência dos processos de oxigenação de toxinas. As manchas agravam-se e os poros dilatam, o que, juntamente, com a perda de colagénio, dá um aspecto envelhecido ao rosto.

Reforce a ingestão de frutas e vegetais, que têm uma acção depurativa. Se tiver prisão de ventre, tome uma colher de levedura de cerveja dissolvida em meio copo de água antes do almoço e do jantar. É um bom regulador do trânsito intestinal.

quarta-feira, 22 de julho de 2009

Alimentação em Tempos de Gripe A

No âmbito da sua ligação à comunidade, a FCNAUP desenvolveu o e-book Alimentação em Tempos de Gripe. Este manual tem como objectivo ajudar os Portugueses a organizarem atempadamente a sua alimentação para enfrentarem a pandemia de gripe.

Embora os cuidados alimentares em caso de gripe sejam relativamente simples, a necessidade de permanência no domicílio e as consequências da doença como o cansaço e a falta de apetite levaram a reunir este conjunto de recomendações práticas. Assim, para além de sugestões de como proceder à escolha e ao armazenamento de alimentos incluíram sugestões de organização do dia alimentar.


Febres altas, dores musculares, tosse, falta de apetite e um risco elevado de desidratação são alguns dos sintomas que caracterizam a doença. Para além de cuidados médicos, o tratamento da gripe exige muito repouso e uma alimentação adequada. O manual inclui sugestões sobre o aprovisionamento alimentar, a conservação à temperatura ambiente ou em condições de frio bem como o planeamento de refeições. A exigência de permanência no domicílio dá realce à utilidade deste e-Book pois "é o formato mais adequado e ajustado para a divulgação desta mensagem, à distância de um clique".

Cozinhar com pouca gordura

Ao refogar

Faz-se fritar a cebola (usando o dobro da quantidade que se usaria habitualmente) numa mistura de água e pouco azeite, que se terá sempre de ir acrescentando com mais água. Para dar mais cor, junta-se no início uma colher de chá de polpa de tomate.

A gratinar

Usar queijo magro ralado que se prepara adquirindo queijo magro e deixando-o secar no frigorífico uns dias, antes de ralar.

A temperar saladas

Juntar a uma colher de chá de azeite uma boa quantidade de sumo de limão ou vinagre de vinho e ervas: orégãos, coentros…


Em alternativa, preparar um molho de iogurte:

Variante 1: Bater 2 dl de iogurte magro com o sumo de meio limão e 2 colheres de sopa de ervas picadas (coentros, salsa, cebolinho, etc.). Temperar com sal e pimenta.
Variante 2: Bater 2 iogurtes magros com 2 colheres de polpa de tomate e 1 colher de sobremesa de vinagre. Juntar 1 dente de alho picado e temperar de sal e pimenta.

Ao assar no forno

Apara-se previamente a carne de todas as gorduras visíveis.
Prepara-se uma marinada com que se envolve a carne, durante 24h, no frigorífico, em recipiente fechado. A marinada pode incluir: alho, cebola, colorau, salsa, louro, vinho branco maduro, tomate, pimenta, rosmaninho ou tomilho ou orégãos. Esfrega-se bem a peça de carne com esta marinada que, depois de retirada, vai a assar em forno previamente aquecido, embrulhada em papel de alumínio (de modo a que o suco não se perca para a assadeira), em tabuleiro untado com azeite. Para dar mais cor à carne, pode abrir-se o papel no final da cozedura

É POSSÍVEL USAR FRIGIDEIRAS ANTI-ADERENTES PARA FRITAR BIFES, FAZER OMOLETES E OVOS MEXIDOS SEM ADIÇÃO DE GORDURA.

terça-feira, 21 de julho de 2009

Sandes e saladas para o Verão

Em tempo de férias, a Associação Portuguesa dos Nutricionistas alerta para a importância de uma alimentação saudável. Desta forma, apresenta algumas sugestões de sanduíches e saladas para o Verão.

Sanduíche de peru

Sanduíche de preseunto

Sanduíche agridoce
Sanduíche de ovo
Sanduíche de frango e ananás
Sanduíche de camarão

Salada Oriental
Salada de peru com molho de frutos vermelhos

Salada de feijão-frade

Quiche colorida
Beringelas recheadas
Salada mista


Disfrute das férias sem descurar da sua alimentação!

Faça download das receitas aqui

sábado, 18 de julho de 2009

Quando os magros querem ganhar peso!

Conheço alguns casos de pessoas que não se sentem satisfeitas com o seu peso: são muito magras e querem engordar.

De um modo geral, é mais difícil engordar do que emagrecer! Os seguintes alimentos podem ajudar, pois à partida são ricos em calorias, mas saudáveis! Gostando, tente comê-los com mais frequência e vá variando para não se tornar monótono:

Oleaginosas: Avelãs, amêndoas, nozes, pinhões, etc.

Colocar manteiga de amendoim no pão, batidos, tostas...

Frutos secos: figos, tâmaras, alperces, ameixas... (pode adicionar aos cereais de pequeno-almoço)

Use Azeite: tempero e confecção

Chocolate negro

Sobremesas tipo arroz doce

Batidos de fruta - para acompanhar as refeições

Para que consiga comer mais quantidade em geral, evite comidas muito quentes, evite sopas - que enchem muito com poucas calorias -, por isso coma as verduras cruas ou ao vapor, evite beber água às refeições, para que caiba mais volume de comida. É importante ganhar peso devagar, para não originar problemas de saúde.

Para ajudar a ganhar mais consistência muscular faça musculação. O exercício físico é muito importante para que consiga ganhar peso sem ganhar massa gorda.


Reconhecer sintomas: Ortorexia

A identificação dos sintomas de ortorexia pode fazer-se a partir do Teste de Bratman:

Passa mais do que 3 horas por dia a pensar na sua dieta?
Planeia as suas refeições com vários dias de antecedência?
Para si o valor nutricional dos alimentos é mais importante do que o prazer de os comer?
A sua qualidade de vida degradou-se quando melhorou a sua qualidade alimentar?
Nos últimos tempos tornou-se mais exigente consigo próprio?
A sua auto-estima fica reforçada por comer saudável?
Deixou de comer alimentos de que gostava para apenas comer alimentos "saudáveis"?
Considera que comer fora de casa é um problema e isso afasta-o da família e amigos?
Sente-se culpado quando sai do regime?
Sente-se em paz consigo e acredita que tudo está sob controlo quando come saudável?

Responder sim a 4 ou 5 questões significa que é necessário relaxar-se mais no que respeita à alimentação. Responder afirmativamente a todas as perguntas traduz uma verdadeira obsessão pela alimentação saudável.

Quanto mais cedo forem detectadas estas perturbações mais fácil será tratá-las. Um nutricionista será a pessoa ideal para ajudar a tratar o problema. Assim haja o reconhecimento de que este existe.

quinta-feira, 16 de julho de 2009

Dúvida

"...Agora uma pergunta pessoal Drª... a nível de cereais ao pequeno almoço, quais são aqueles que podemos comer sem ficarmos com a consciencia de que nos vão fazer engordar?..."


Mais uma vez digo: atenção às quantidades!! São as quantidades que tornam o alimento saudável ou não. Um alimento com baixo teor em calorias, açúcar e gordura, ingerido em grandes quantidades também engorda.

Os melhores cereais de pequeno-almoço são os integrais não açucarados. A oferta de cereais não açucarados é baixa, mas basta perder um pouco de tempo no supermercado a ler os rótulos para se fazer a compra certa. Os Corn flakes, de um modo geral, não costumam ter adição de açúcar. Os sacos de aveia são também uma boa opção.
60g de cereais de pequeno almoço, é a quantidade média de cereais que um adulto deve ingerir.

quarta-feira, 15 de julho de 2009

O peso da imagem

O “Em reportagem” desta quarta-feira é sobre a procura do corpo perfeito. “Corpo fatal” fala de pessoas que começam a cometer excessos, como o recurso a dietas rigorosas ou o consumo descontrolado de chás. No programa da RTP1, conta-se ainda o caso de uma mulher que já injectou silicone industrial no corpo para tentar ficar mais bonita. Esta substância é utilizada na limpeza de aviões, automóveis e azulejos.

O trabalho é assinado por Mafalda Gameiro, com imagem de João Martins, edição de imagem de Paula Meira e produção de Amélia Gomes Ferreira.


O que pensa destas loucuras cometidas para se atingir a imagem perfeita... mesmo que para isso se coloque a saúde e a vida em risco?

Monstro das bolachas? Não!

A personagem da série infantil Rua Sésamo , conhecida como Monstro das Bolachas, reduziu o consumo do seu alimento favorito – as bolachas – numa iniciativa destinada a combater a obesidade infantil. O boneco de pelúcia, vai dizer aos telespectadores que «uma bolacha só deve comida de vez em quando ».
A série Rua Sésamo, que já esteve em exibição na televisão portuguesa, apresenta nos Estados Unidos novos episódios, desta vez,
com destaque especial sobre a alimentação e actividade física.
Um representante da produção da série disse à BBC que, no futuro, o personagem vai «ampliar os seus hábitos alimentares». «Não o estamos a colocar em dieta e nunca adoptaríamos uma posição de banir o açúcar», explicou à BBC Rosemarie Truglio, vice-presidente de pesquisa e educação da produção da Rua Sésamo. «Apenas lhe estamos a ensinar a comer com moderação.»

Novos personagens, tais como beringelas e cenouras, serão introduzidos, e convidados como a cantora de soul Alicia Keys vão falar sobre a importância de um estilo de vida saudável.

terça-feira, 14 de julho de 2009

Dúvida

"Olá.... Li no seu blogue que a alcachofra ajuda a combater a gordura, o que me despertou interesse pois tenho problemas de fígado. Mas qual é a melhor forma de a preparar? Já experimentei cozida e não gostei, ficou muito dura...".

A alcachofra tem um sabor agradável, e pode ser utilizada em diversas preparações culinárias, introduzindo sabor e aroma. Contém compostos sulfurosos, que são os responsáveis pelo seu aroma, tão característico.
Pode ser cozida, mas devem-se retirar as folhas exteriores que podem ser muito fibrosas, amargas e de difícil mastigação. Em alternativa, pode utilizar-se apenas o seu núcleo, que é mais suave, cozinhado com um pouco de alho e sumo de limão para lhe dar um sabor mais agradável e acrescentar compostos nutritivos e protectores do organismo. Acompanha melhor estufados, onde há maior mistura de sabores, ou também risottos.

segunda-feira, 13 de julho de 2009

Alcachofra


A alcachofra é um alimento, que incluído numa alimentação saudável e equilibrada pode ajudar a combater a gordura e a emagrecer.
Desde os anos 60, do séc. passado, a alcachofra é umas das plantas mais estudadas devido aos seus ingredientes adelgaçantes: a cinaropicrina, a cinarina e outras substâncias que demonstraram ter acções depurativas e desintoxicantes do organismo.

Os activos contidos nas folhas de alcachofra encerram múltiplos benefícios. Por exemplo, alguns autores defendem que têm um efeito positivo sobre o fígado, sobre o processo digestivo ou contra o excesso de colesterol.

As suas propriedades também contribuem para o controlo do peso. Estas resumem-se em quatro pontos:

  • É diurética: aumenta o volume da urina e elimina líquidos.

  • É desintoxicante: ajuda a eliminar as toxinas e outros resíduos acumulados no nosso organismo.

  • É depurativa: activa os mecanismos de limpeza do corpo.

  • Promove a digestão das gorduras: regula o fluxo da bílis, contribuindo para metabolizar as gorduras da alimentação. Assim, estas não se acumulam no corpo, ajudando-nos a emagrecer.

domingo, 12 de julho de 2009

Segredos úteis

Sumos
Para aproveitar o máximo de sumo de uma laranja ou de um limão basta introduzi-los inteiros, por uns segundos, no microondas. Ou mergulhe os frutos durante uns segundos em água a ferver. Depois esprema-os.

sábado, 11 de julho de 2009

Salada de massa concha com ervilhas, requeijão e hortelã

Uma receita fácil e rápida, muito saborosa para 4 pessoas.


375g de massa concha

200g de ervilhas congeladas

2 colheres de sopa de hortelã picada

125g de fiambre de peru cortado em tiras

1 colher de chá de raspa de limão

200g de requeijão magro

Molho de alho e limão

1 colher de maionese light

100g de iogurte natural magro

2 colheres de sopa de sumo de limão

1 dente de alho picado

1 colher de sopa de raspa de limão


Cozer a massa e as ervilhas. Deixar arrefecer.

Numa taça, fazer o molho, misturando todos os ingredientes com umas varas. Rectificar o tempero.

Juntar a massa com as ervilhas e molho a gosto.

Adicionar o requeijão em pedaços, raspa de limão e hortelã picada.

sexta-feira, 10 de julho de 2009

Pedalar, pedalar, pedalar...


A volta a França a bicicleta está outra vez a rodar. E a propósito disso:

Calorias consumidas por um ciclista do Tour por dia : 5900 mas podem chegar às 9000 !
Calorias consumidas nos 21 dias do Tour por um ciclista: 123 900.
Kms percorridos no Tour em 21 dias com apenas duas paragens: 3607 Km

Kms percorridos num jogo de futebol por um profissional em cada fim de semana: 11 Km

Second life

O "Second Life" é um simulador da vida real, um mundo virtual totalmente 3D, onde os limites de interacção vão além da sua criatividade. Nele, além de interagir com jogadores de todo o mundo em tempo real, é possível também criar seus próprios negócios, objectos e até mesmo personalizar completamente a sua personagem.
Neste mundo virtual onde se pode ser quem se quiser, não existem personagens gordas, todas vão de encontro ao tão desejado peso considerado perfeito!

quinta-feira, 9 de julho de 2009

Make it happen

daqui

Não basta querer emagrecer, perder a barriga, ficar sem celulite, ter o corpo mais bonito do bairro ou ser saudável. É preciso fazer por isso. E o dia certo para começar: é hoje!

quarta-feira, 8 de julho de 2009

Perder barriga


Já sabemos de cor as principais razões que levam à formação do inestético pneu: stresse, alimentação desequilibrada e sedentarismo. Pedir que tenha uma vida mais calma nem sempre é fácil, mas quanto à dieta podem-se fazer alterações: poucos açúcares, ainda menos gorduras, poucos condimentos e nada de fritos. E, acima de tudo, muito trabalho de abdominais.

Para evitar os inchaços, é preciso não irritar o cólon. É ele um dos principais responsáveis pela barriga saliente.


Escolha uma alimentação o mais simples e saudável possível, evitando os pratos pré-confeccionados dos supermercados.

Coma com calma e mastigue correctamente.

Pare de trincar pastilhas elástica todo o dia.

Renuncie aos cigarros, antes e imediatamente depois das refeições: bloqueiam as secreções digestivas. (de preferência deixe mesmo de fumar)

Relaxe pelo menos 10 minutos depois de comer, para uma boa digestão.

Fuja das refeições pesadas à noite.

Preste atenção ao sal em todas as suas formas (sal de mesa, pratos cozinhados, charcutaria, peixes fumados,...). Evite o mais possível.
Ocorreu um erro neste dispositivo