segunda-feira, 3 de setembro de 2012

Trabalhar engorda?

Setembro é, para a grande maioria das pessoas, sinónimo de regresso ao trabalho. Certos estudos defendem que trabalhar engorda, por isso saiba onde se esconde o perigo e fuja das armadilhas que estão à espreita em todos os escritórios.

Quando começa o dia atrasado o que é que esquece imediatamente? O pequeno-almoço. Mas depois chega ao escritório e come um bolo ou uma barra de cereais a correr. Quando ingerimos muito açúcar, o nosso corpo transforma-se num íman para mais açúcar. Resultado, por volta das 11 da manhã já só pensa em comer bolachas ou um chocolate.
O segredo para reduzir o desejo de alimentos calóricos é comer ao pequeno-almoço alimentos ricos em hidratos de carbono complexos mas também proteínas. Comece o dia com uma papa de aveia ou um pão de centeio com um copo de leite magro.


Um período de tempo demasiado prolongado entre o pequeno-almoço e o almoço e entre este e o jantar tem uma consequência nefasta: fome. A sensação de fome atinge níveis inacreditáveis, o que nos leva a comer tudo e mais alguma coisa enquanto não chega a refeição. A ideia das três refeições por dia está completamente ultrapassada: além destas deve comer algo a meio da manhã e da tarde. Comer pouco e muitas vezes é uma forma de acumular energia para longos dias de trabalho.


Fazer alguns intervalos durante o dia de trabalho faz com que sejamos mais produtivos. Mas para muitas pessoas, as pausas são sinónimo de comer e beber. Em vez de se dirigir à máquina dos chocolates, aproveite para conversar com os colegas ou faça um pequeno passeio pelo edifício. E, se estiver na hora do lanche, opte por opções saudáveis. Pense nisto: duas bolachas de chocolate por dia equivalem a 45120 calorias por ano de trabalho, o que equivale a seis quilos de gordura.


Quando passa o dia à secretária, dificilmente gasta a energia necessária. Como conseguir fazer mais exercício? O ideal é praticar desporto logo no início do dia, se possível. Sair da cama ainda mais cedo não é fácil, mas compensa. Dou lhe três boas razões. Primeira: vai sentir se muito bem. Segunda: é mais provável que não falte de manhã do que à tarde. Depois de oito horas de trabalho é fácil arranjar uma desculpa para não ir ao ginásio. Terceira: o exercício ajuda a regular o apetite, o que significa que conseguirá dizer não às gulodices no trabalho.
Bom trabalho!

1 comentário:

Luciana disse...

Olá!
A volta ao trabalho e à rotina ajuda a que entre nos eixos relativamente aos horários e quantidades :)
Esta teoria não se aplica a mim e ainda bem! :)

Ocorreu um erro neste dispositivo