segunda-feira, 11 de junho de 2012

Distinga fome de "vontade de comer"


Para se ser bem sucedido na perda ou manutenção do peso, é importante distinguir fome de vontade de comer. Devemos estar atentos ao tempo que passou desde a últimas refeição e à quantidade de alimentos ingeridos.
É importante não se fugir de alguns alimentos essenciais como o pão, o arroz ou as massas pois são muito importantes e dão saciedade, e nunca saltar refeições: na refeição seguinte vai se estar com mais fome e o corpo vai absorver tudo o que se come. Em contrapartida, se comermos moderadamente de 3 em 3 horas não se vai sentir fome. Por norma, o que se vai sentir é "vontade de comer". Esta vontade, ao contrário da fome, é psicológica. É motivada pela ansiedade ou resulta apenas do facto de se estar habituado a comer mais quantidade, o que leva a uma dilatação do estômago, sentido necessidade de comer mais.

Sem comentários:

Ocorreu um erro neste dispositivo