quinta-feira, 14 de junho de 2012

Quando a cabeça tem juízo

Os princípios de Joseph Pilates fazem furor nos ginásios de todo o mundo. Mas o que é mesmo este "Pilates"?
Por incrível que pareça, o método foi desenvolvido por um ex-mister universo, Joseph Hubertus Pilates, alemão dos arredores de Dusseldorf, nascido em 1880 e que em 1926 emigrou para Nova Iorque. Foi aí que se notabilizou e propagou os seus ensinamentos. O seu método visa antes de mais a simetria e a harmonia espiritual, o bem estar humano parte do centro para a periferia- uma espécie de "estabilidade central" que assenta na respiração eficaz, equilíbrio muscular e mobilidade articular. É não só um poderoso antídoto para o stresse do quotidiano como reforça o sistema imunitário. Tal como a hidroginástica, o método Pilates tem a incomensurável vantagem de poder ser praticado até provectas idades- adequa-se à condição física de cada praticante.
Podemos distinguir duas vertentes complementares: o Pilates Mat, que consiste num reportório original de 34 exercícios (já aumentado pelos seus apóstolos) praticados sobre um colchão; e o Estúdio Pilates, que aposta em aparelhos desenvolvidos pelo próprio Joseph Pilates para trabalharem a postura e o equilíbrio, com especial incidência nas costas e abdominais. Sugestivo, não?

Sem comentários:

Ocorreu um erro neste dispositivo