sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

Malnutrição, um problema de saúde pública

A Malnutrição tem de ser reconhecida e tratada como uma doença. Esta é a conclusão de um estudo, apresentado pela Associação Portuguesa de Nutrição Entérica e Parentérica da European Nutrition for Health Alliance (ENHA). O estudo decorreu em centros de saúde, hospitais, lares e farmácias, e os dados demonstram que é nos hospitais e lares que este problema é mais acentuado.
A ENHA lançou uma campanha a nível europeu em que alerta que: ar, água e nutrição são necessidades básicas.
De referir que, com o avançar da idade, decorrem alterações metabólicas e fisiológicas associadas ao processo de envelhecimento que tornam as pessoas mais velhas mais susceptíveis às deficiências nutricionais. Os estudos demonstram que as pessoas mais velhas são as mais afectadas pelo baixo peso e pela desnutrição.

Sem comentários:

Ocorreu um erro neste dispositivo