quinta-feira, 15 de abril de 2010

Obesidade e depressão

Os obesos têm maior probabilidade de ficarem deprimidos, enquanto as pessoas deprimidas correm maior risco de ficar obesas. Esta reciprocidade foi descoberta por investigadores do Leiden University Medical Center, na Holanda, depois de analisarem vários estudos sobre o tema. Uma outra investigação levada a cabo por uma equipa do National Institute of Mental Health (EUA), corrobora aquela conclusão e afirma mesmo que 1 em cada 4 casos de obesidade estão associados a desordens de ansiedade. Ambas as investigações atribuem culpa à baixa auto-estima e descontentamento com o corpo.

2 comentários:

Registo Nacional de Controlo do Peso disse...

O Registo Nacional de Controlo do Peso também publicou na sua página do Facebook a noticia deste estudo...Um estudo que nos faz repensar os nossos hábitos alimentares e que nos remete para a necessidade de cultivarmos a boa disposição.
As pessoas que conseguem perder e manter o seu peso recuperam a sua auto-estima e isso tem um evidente impacto na sua atitude e humor...

O Registo Nacional de Controlo do Peso , enquanto repositório nacional voluntário de pessoas com sucesso na redução estável do peso, quer conhecer os indivíduos adultos com sucesso na redução e manutenção do peso a longo prazo!

O recrutamento para o Registo está aberto em permanência!

Por isso se tem mais de 18 anos de idade e perdeu, pelo menos, 5kg do seu peso corporal nos últimos 15 anos e conseguiu manter o peso perdido pelo menos por 1 ano,você é um caso de sucesso que merece ser estudado!

Participe, inspirando com o seu exemplo outras pessoas a ter sucesso na gestão do peso corporal!

Cristina Jorge disse...

Trabalho muito interessante...;)

http://tratamentodadepressao.org/

Todo o Sucesso... :)

Ocorreu um erro neste dispositivo