terça-feira, 9 de março de 2010

À mesa, com a Levedura de Cerveja?


"...Aproveito também para deixar uma questão sobre a levedura de cerveja... para que serve e o que é?! Aconselharam-se a tomar, mas sinceramente tenho algum receio, até porque não conheço o produto e depois também porque não sei como o fazer."
Pelo seu comentário não percebo quem lhe aconselhou a toma (é preciso ter atenção aos conselhos do género: Toma que a prima da vizinha da minha amiga tomou!), mas de qualquer forma fica a explicação do que é e para o que pode servir.

O género Saccharomyces compreende várias espécies de leveduras, de que uma das principais é a levedura de cerveja (S. cerevisae). É, de longe, a mais apreciada e a mais rica em termos alimentares.

A levedura de cerveja é usada como suplemento alimentar, devido ao seu elevado teor de nutrientes e nível proteico (cerca de 50%).

Este suplemento alimentar deve a sua riqueza ao teor de vitaminas do complexo B. Possui ainda todos os aminoácidos essenciais e ainda muitos minerais (potássio, sódio, cálcio, fósforo, magnésio, enxofre, zinco, selénio, crómio).

A ingestão de levedura nutricional é recomendada a vegetarianos devido à presença de Vit. B12 e ao valor proteico. Pode também ser benéfica a nível de transtornos intestinais, particularmente na regulação de casos de diarreia e de prisão de ventre.

Outras vantagens, devido principalmente ao seu elevado teor de vitaminas do complexo B, são os efeitos benéficos que produz na pele, nas unhas e no cabelo, ajudando mesmo a melhorar casos de acne e eczemas.

Para além disso, os nutrientes da levedura de cerveja ajudam a colmatar algumas deficiências que possam existir em algumas dietas restritivas ou numa alimentação desequilibrada.
Devido às suas propriedades reconstituintes, é especialmente aconselhada a desportistas, a crianças em fase de crescimento, a idosos, a grávidas e a doentes em fase de recuperação.

Este suplemento, que possui um travo amargo característico, encontra-se disponível sob diversas formas: em pó ou flocos, que se deve juntar na comida crua ou já cozinhada (não se deve cozinhar a levedura de cerveja, pois caso contrário, perderá o seu teor de vitaminas), comprimidos ou cápsulas, ou líquida (que poderás adicionar a sopas, sumos).




1 comentário:

teamgunn disse...

Sabias que a levedura de cerveja também é óptima para estimular a lactação em mulheres que estão a amamentar?
Beijinhos

Ocorreu um erro neste dispositivo