quinta-feira, 14 de abril de 2011

Boas razões para continuar a comer sopa

Lá porque está calor, não há razão para a deixar de comer.... Mexa bem os minerais, vitaminas, fibras, proteínas vegetais, ferro e cálcio e sirva tudo com uma boa dose de comodidade, rapidez e ...muita saúde! Vai uma sopa?



1. Alimenta o corpo e a alma: Se for quente, aquece-nos, se for fria, refresca-nos, com a eficácia que se pretende! Já uma cerveja ou um gelado até podem refrescar-nos mas uma desidrata-nos e ambos podem engordar-nos... com eficácia mas... isto não se pretende!

2. Fonte de minerais e vitaminas. Como não deitamos fora a água da cozedura (esta deve ser breve e só se deve colocar as verduras quando a água estiver a ferver), os minerais e algumas das vitaminas das hortaliças, bem como das leguminosas, permanece.

3. Fonte de leguminosas. Há que aproveitar as sopas para incluir feijões, lentilhas, grão, ou soja, pois as leguminosas são ricas em fibra, proteína vegetais, ferro e cálcio. Pela sua variedade contêm um leque vasto de cores e sabores, e são muito saciantes; triture no puré mas deixe algumas a boiar.

4. Jantar ideal. Uma sopa rica faz um rico jantar, já que o jantar convém ser mais leve que o almoço. Sopa de peixe, sopa com cogumelos e feijão encarnado, caldo verde, sopa à alentejana, gaspacho com pão torrado e ovo picado, são apenas alguns exemplos de sopas saudáveis e equilibradas.

5. Para quem quer emagrecer com saúde: relativamente baixas em calorias por prato, fecha o melhor negócio entre baixo valor calórico e alto poder de saciação (tira a fome devido ao seu volume, à quantidade de água e fibras que contém);

6. Para quem tem pressa: especialmente fora de casa, poucas escolhas se comparam em vantagens nutritivas;

7. Para quem tem muita fome: regra de outro no controlo de peso, especialmente para os homens que comem mais do que as mulheres;

8. Para quem tem “má” dentição (novos e idosos);

9. Para quem não gosta do "resto" (repete a sopa);

10. Para quem tem gosto na tradição gastronómica portuguesa e mediterrânica…

Um truque para apressar a sua confecção é cozinhar a base da sopa numa panela e os "verdes flutuantes" noutra. Assim, quando triturar a base, os agriões, os espinafres, o feijão verde, ou as couves partidinhas, etc., já estarão prontas e basta misturar!

Bom apetite!

2 comentários:

teamgunn disse...

Eu, como costumo ter sempre muita fome, opto sempre pela sopinha primeiro.
beijinho

Ana Ribeiro disse...

Comer bem está sempre na moda ;)

Ocorreu um erro neste dispositivo