segunda-feira, 18 de abril de 2011

Páscoa saudável

Páscoa é tempo de chocolate, mas todo cuidado é pouco para evitar problemas como a obesidade infantil. Como as crianças costumam receber vários ovos, que parecem durar o ano todo, é preciso ficar atento: consumo superior a 30g diárias, por um período de 3 a 4 meses, é o suficiente para que a criança já apresente sobrepeso.

Foto: Paulo Alvadia / Agência O  Dia

Para preservar a saúde das crianças é preciso estar atento. Em primeiro lugar, a família deve dar menos ovos e de menor tamanho às crianças. O ideal é que sejam ovos de 100 a 150g. Uma alternativa é, em conjunto com a criança, fazer uma doação dos ovos excedentes.

O tipo de chocolate mais saudável é o amargo. O chocolate amargo contém mais cacau, que contém polifenol, uma substância que ajuda a diminuir o mau colesterol. O chocolate branco é o mais nocivo, uma vez que não contém massa de cacau e sim manteiga de cacau. Tem mais gordura e por isso é mais calórico.

Apesar de serem feitos de chocolate, os bombons, também devem ser evitados. Isto porque o recheio contém gordura trans, que eleva o colesterol.

Atenção aos chocolates diet e light. Eles são indicados apenas para quem tem diabetes, pois são livres de açúcar. Mas o conteúdo de gordura está muitas vezes aumentado, e portanto não evitam o ganho de peso.


Sem comentários:

Ocorreu um erro neste dispositivo