sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Excesso de peso custa 500 milhões

A Obesidade é interpretada actualmente, pelos principais organismos ligados ao assunto, como um factor de risco para a Saúde Pública. A obesidade custa, por ano, 500 milhões de euros ao país, tendo em conta os gastos directos e indirectos - a avaliação é de um estudo recente da Escola Nacional de Saúde Pública. E não será muito difícil chegar a estes valores se pensarmos que existe 1,5 milhões de pessoas obesas no nosso país e 4 milhões tem excesso de peso.
Leia todo o artigo aqui .
Vale a pena pensar nisto.

3 comentários:

Bárbara G disse...

Os números são de facto preocupantes! E, a acrescentar, sabemos que são muito mais do que números, são pessoas que sofrem todos os dias. Pessoas que mudando alguns dos seus hábitos, podiam ter a mesma qualiddade de vida de alguém em forma!

Sabem que 70% das consultas dos Hospitais estão, directa ou indirectamente, associadas a uma má nutrição!?
E adivinhem quem é que paga?
E vejam só como se poderiam reduzir as listas de espera!!

Ana Ribeiro disse...

Poderiamos reduzir as lista de espera e os custos associados.
Mas em Portugal não há a política da prevenção...

Bárbara Gemelgo disse...

Acho que qualquer pessoa que queira mudar o que o rodeia deve começar por si! A prevenção é essencial para evitar este fenómeno.Eu conheço uma empresa espetacular que está a lutar contra esta tendência e juntei-me a ela. Assegura uma nutrição equilibrada! E como uma grande senhora, Elizabete Fernandes cita: "Um corpo nutrido, é capaz de se auto-regenerar". Sinto-me muito melhor, desde então! Sou a mesma pessoa, mas com o dobro da qualidade de vida!
Eu já comecei e aconselho qualquer um a fazê-lo!

Ocorreu um erro neste dispositivo